Crítica: A 5ª Onda (filme)

A 5ª Onda é um filme que tenta se disfarçar de um universo distópico, assim passando a acontecer em uma cidade real. No início temos o que seria um flash sobre a situação da garota Cassie Sullivan, ela está a tentar invadir um pequeno mercado em busca do que comer, lá dentro encontra um jovem no chão, este ainda vivo, mas ela não sabe se pode confiar nele, então de uma forma que a faz parecer estar com medo, ela o mata.

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Em um piscar de olhos estamos de volta a situação normal de nosso planeta, até que desconhecidos, que são chamados de “os outros”, entram no planeta Terra e param bem próximos a residência de Cassie. Como primeiro contato eles, os outros, liberam um pulso eletromagnético que desativa todo tipo de tecnologia. Em seguida, enviam um tsunami, este que dizima boa parte da humanidade. Logo depois, liberam um vírus mortal. Esses acontecimentos são chamados de onda, e a quarta onda é a que possivelmente mais dura no filme, esta em que os outros se infiltram como humanos, e assim fica difícil saber quem está infectado e em quem confiar. Este processo é o que estabelece uma meta para o filme: o exército vai em busca das crianças em um acampamento em uma tentativa de se preparar para a quinta onda, e o irmão de Cassie, a protagonista, vai sozinho para uma base militar. Daí o que Cassie quer fazer: resgatar seu irmão Sam.

Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Na primeira metade do longa as personagens do filme são apresentadas, cuja qual é feita de forma leve. A partir daí o filme começa a mostrar seus eventos emocionantes, diga-se de passagem, entretanto ele deixa um pouco de ser aquilo que queria e por alguns momentos existe uma percepção clara de que aquilo seria, sim, uma distopia.

O final do filme, analisando todo o decorrer, entrega possíveis falhas na produção. Um lugar que já está quase todo desumanizado, sem energia, ainda guarda forças para que produtos supérfluos sejam fabricados e ainda utilizados, ou mesmo ainda analisando a situação de ações de alguns personagens. No fim de tudo, mesmo com todo o trabalho aplicado em uma boa fotografia, sobra aquela sensação de que já assistimos a este filme, ou que pelo menos já assistimos algo muito parecido.

Sinopse

A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.

Ficha Técnica
Título: A 5ª Onda
Título original: The 5th Wave
Duração: 112 minutos
Gênero: ficção científica, aventura
Direção: J Blakeson
Roteiro: Susannah Grant, Akiva Goldsman, Jeff Pinkner
Distribuição: Sony Pictures
Nota: 3/5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *